Macro Fotografia em Odontologia. Se treina. Parte 13

April 3, 2017

 Para fotografia de face no planejamento estético em odontologia, alguns cuidados devem ser tomados, tais como:

1- Deve-se enquadrar a face até o pescoço, ou até mesmo incluíndo parte do torax.

2- O fundo deve ser uniforme.

Pode-se se obter um fundo claro, bem branco, colocando uma fonte de luz em direção ao fundo branco, com auxílio de um rebatedor em um flash secundário. Outra opção, é colocar o paciente próximo e a frente de um negastoscópio grande, que tenha uma boa intensidade de luz.

Como as fotografias serão feitas em uma distância superior  as fotografias intra bucais, é possível trabalhar com diafragma mais aberto, sem prejudicar a profundidade de campo. A fotometria pode ser feita com ajuda de um fotômetro de mão, ou fazer testes antes da fotografia final, iniciando a partir de f11. Neste caso, a luz contínua pode ser usada, e o uso do tripé pode ajudar bastante. Se o profissional tiver um flash twin, o uso de minis softboxs ou mini rebatedores, podem determinar uma luz mais tênue e espalhada, provocando melhores resultados.

 

FOTOGRAFIA DO SORRISO

Para fotografia do sorriso, devido a maior aproximação do paciente, é necessário voltar as configurações com o diafragma bem fechado, f22 a f32. A fotografia do sorriso deve ser feita com o sorriso natural e sorriso forçado, para se fazer uma análise dos tamanhos dos dentes, posições, estado das gengivas e limites dos dentes. O Uso de mini softbox e mini rebatedores melhoram os resultados em relação a textura dos dentes e gengivas.

 

 

Please reload