Macro Fotografia em Odontologia. Se treina... Parte 16.

November 21, 2017

 No caso de fotografias oclusais é imprescindível a utilização de espelhos, que devem ser apoiados na arcada antagônica da que está sendo fotografada. O ideal, é que o espelho fique em um ângulo de 45 graus. Na oclusal superior o foco deve ser direcionado para os incisivos centrais, e depois, segurando o foco, faz-se o enquadramento. Como nas demais fotografias intra bucais, existem autores que preferem realizar a foto por traz do paciente, outros pela frente do paciente, que neste caso, deverá estar sentado no mocho, a frente do profissional e na mesma altura. As fotografias feitas por traz do paciente, deverão ser feitas com o paciente deitado na própria cadeira odontológica. Neste caso, como a foto é feita de "cabeça para baixo", a mesma deverá ser ajustada na edição. No caso da oclusal inferior, a fotografia é feita sempre a frente do paciente. Antes da colocação do espelho, deve-se adaptar os afastadores, solicitando que o próprio paciente segure os afastadores e puxe-os para o lado e para cima. Existem afastadores especiais para fotografias oclusais. Todas as fotos feitas com espelhos devem ser ajustadas para sua posição correta, já que fica invertida devido a imagem estar sendo refletida. 

Em fotografias laterais, nunca devemos usar apenas um afastador no lado que desejamos fotografar. Isto provoca um resultado estético desagradável. O paciente deve ficar ligeiramente inclinado. Colocar o afastador no lado que não está sendo fotografado. No lado que vai ser fotografado, utiliza-se o espelho como afastador, tomando-se o cuidado de deixar bem visível o corredor bucal refletido no espelho. O profissional se posiciona do outro lado e deve fazer o foco na imagem refletida pelo espelho. Outra maneira de se obter este tipo de fotografia é utilizando o afastador em U no lado oposto ao que vai ser fotografado e o afastador em V no lado fotografado. Fazer o foco direto, sem  uso do espelho.

 

Please reload